VISITE WWW.SALESIM.COM.BR PARA CONHECER MELHOR A SALESIM - PLATAFORMA DE ACELERAÇÃO DA FORÇA DE VENDAS!

O que esperar das vendas em 2017: o ano da virada

vendas-salesim-2017-ano-virada

Artigo produzido em parceira com o Grupo Sem Segredos. Este ano de 2016 é um ano para apagar da memória da maioria das empresas de vendas e diferentes setores. Desemprego em alta, PIB em baixa, juros nas alturas, faturamentos despencando, crédito escasso e empresas fechando. Tudo pareceu ter dado errado.

Em um ano que a política e a economia se misturaram como nunca se havia visto, as decisões erradas de nossos governantes nos levaram a um cenário que até os economistas mais pessimistas relutavam em acreditar: 2016 foi de fato um ano de catástrofe.

E o mercado de vendas em 2017?

Como é comum em todo final de ano, as esperanças se renovam, e as empresas e gestores começam a refazer seus cálculos para se adequar à nova realidade e projetar como serão os próximos meses, levando em conta as suas expectativas e também a de analistas de mercados e por enquanto as coisas parecem que estão retomando sua situação normal.

Olhando para o FOCUS, um relatório emitido semanalmente pelo Banco Central o qual consulta os principais economistas e casas de análise do país, temos um sentimento de melhora gradual na economia, indicando que 2017 pode ser o ano da retomada.

Dentre os itens em maior destaque temos a inflação (que é a perda do poder de compra pela população), um item que impacta diretamente nas vendas das empresas, uma vez que com preços mais altos o consumo tende a diminuir. A expectativa para 2017 é de a vermos entrando nos eixos e ficando em torno de 5%. Esse é com certeza um número bem melhor do que o observado no começo de 2016, que chegou a bater quase 11%.

Outro item de destaque é a taxa Selic, uma taxa de referência para as demais taxas brasileiras, como as de empréstimos pessoais, empréstimos às empresas e juros de financiamentos. Hoje ela está em 13,75% ao ano, um baita valor que pesa no bolso de pequenas e médias empresas. Com a melhora no cenário, os economistas já preveem um valor próximo a 10%. Essa redução de três pontos percentuais pode parecer pouco, mas com uma taxa de juros menor, muitas empresas voltarão a investir, tirarão projetos de expansão parados e podem até voltar a contratar mais funcionários.

E tem mais! Com os preços diminuindo o seu ritmo de crescimento e os empréstimos bancários se tornando mais acessíveis, muitos analistas tem mudado sua visão para as vendas de 2017 já enxergando uma recuperação no primeiro semestre do próximo ano com a população voltando a consumir e as empresas voltando a produzir para atender essa demanda reprimida. E não são somente os analistas, o Índice Primário de Sentimento do Consumidor medido pela Thomson Reuters/Ipsos indicou que em dezembro de 2016 foi atingido o maior valor de confiança desde Junho/2015, demonstrando que tanto empresas como consumidores estão confiantes na retomada para o próximo ano.

Como surfar na retomada de 2017?

Que o cenário pode melhorar nós já percebemos, mas ai fica a pergunta “Como eu e minha empresas podemos surfar na onda da retomada de 2017?”. A resposta para essa pergunta é ao mesmo tempo simples, mas exige também bastante esforço por parte da empresa!

As dicas principais que nós podemos passar são basicamente duas:

a) Invista no Marketing da sua empresa:

Quem é a sua empresa? Onde ela fica? Seus clientes precisam se esforçar muito para achar você ou seus produtos?

Essas são questões fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer a crise com maestria e se destacar dos concorrentes. Uma empresa que não investe em marketing é uma empresa que está fadada a desaparecer do mercado em meio às demais opções que os clientes possuem.

Ao contrário do que todo mundo faz, investir em marketing e conteúdo publicitário é essencial em momentos de crise quando se faz necessário mostrar ao público o quanto a sua empresa é valiosa, sua marca relevante e que os seus produtos possuem um elevado valor agregado.

Além disso, busque novos meios de atingir o seu público! Ficar limitado somente a um tipo de canal de vendas é algo extremamente perigoso na crise caso algo de errado. Em plena era digital, muitas empresas tem recorrido às vendas online para complementar a venda em espaços físicos, o que tem se mostrado algo extremamente rentável.

Além de alavancar seu alcance geográfico (afinal nem todo mundo passa na rua em que sua loja está), o e-commerce permite que novos clientes encontrem a sua marca através de sites de busca (google, yahoo, bing) e que também conheçam seus produtos através de fotos, vídeos e até depoimentos de outros clientes… tudo online!

b) Engaje e motive a sua equipe.

O dono da empresa pode estar no maior gás, com expectativas de lucros lá em cima e com um plano estratégico de negócios perfeito! Mas e se o resto da equipe estiver desanimada… você acredita que o plano do dono irá deslanchar? A resposta é provavelmente NÃO!

Quando a equipe toda está engajada em um mesmo objetivo os resultados propostos pelos gestores da empresa possuem muito mais chances de darem certo, uma vez que cada um entende o seu papel dentro da empresa e possuem uma visão voltada a um objetivo em comum.

Atualmente, segundo diversos especialistas em gestão pessoal, a melhor maneira de engajar e motivar uma equipe dentro das empresas é através do investimento em treinamento dos funcionários, sobretudo os profissionais de vendas que são o primeiro contato entre a empresa e os clientes.

Ter vendedores especialistas tanto nos seus produtos como na missão e valores da sua empresa é um grande potencializador de vendas, uma vez que ele abordará seus clientes de forma mais confiante e preparado para tirar quaisquer dúvidas que os clientes possam ter, passando assim uma melhor impressão de domínio do assunto.

Dentre as formas mais eficazes de treinamento de equipes, nós podemos citar:

  • Palestras com especialistas: especialistas em vendas podem ajudar sua área comercial a identificar problemas comuns de abordagem e tratamento de clientes.
  • Cursos de aperfeiçoamento: sua equipe é ótima? Então por que não a tornar excelente? Cursos de aperfeiçoamento em vendas como o Sales Talent podem levar seus vendedores a um novo patamar tornando-os muito mais eficientes e assertivos em suas vendas.
  • Simuladores: que tal treinar seus vendedores na prática, mas sem comprometer suas vendas? Através de simuladores, como o SaleSimulator você pode simular o dia a dia de um vendedor e identificar os pontos fortes e os fracos de cada estratégia de vendas.

Então é isso! Você e sua empresa tem tudo para deslanchar nesse ano que está para começar. Com uma boa dose de planejamento, estratégia de marketing e preparação de equipe, o ano de 2017 pode ser mais do que apenas um ano bom, pode ser o ano da virada!

Comments