VISITE WWW.SALESIM.COM.BR PARA CONHECER MELHOR A SALESIM - PLATAFORMA DE ACELERAÇÃO DA FORÇA DE VENDAS!

5 dicas de como aumentar o engajamento em equipes de inside sales

engajamento-inside-sales

Muitas empresas possuem o desafio de promover o engajamento nas equipes de inside sales. Isso ocorre devido a diversos fatores, como gestores muito focados no operacional, falta de definição de metas individuais etc. Porém essas questões podem ser facilmente resolvidas. Veja cinco dicas para engajar cada vez mais as equipes de inside sales.

Engajamento em inside sales

Nesta modalidade, o vendedor fica na empresa e utiliza ferramentas tecnológicas para realizar as vendas dos produtos e serviços. O formato de trabalho é diferenciado, já que os dados dos clientes devem ser coletados por internet ou telefone, e o representante de vendas deve atrair novos clientes, conduzindo-os pelo ciclo de vendas e fechando o negócio.

Com o modelo de trabalho diferenciado, como é possível aumentar o engajamento da equipe de vendas inside sales?

1. Treinamento

Para vender, a empresa precisa fornecer treinamentos para suas equipes de inside sales. Os práticos melhoram as técnicas de vendas, por exemplo, por meio da simulação de um atendimento problemático, exigindo novas soluções para fechar o negócio.

Já os motivacionais permitem que o colaborador sinta-se pertencente à organização e encare os desafios de forma positiva. Nesse sentido, a empresa pode trazer cases reais para que os vendedores pensem a melhor forma de solucionar o problema. Os melhores ganham uma recompensa, como um bônus.

2. Liderança e motivação

No caso de uma equipe de inside sales, o vendedor motivado tem mais prazer de trabalhar e pode influenciar outros colegas. Por isso, recomenda-se investir na formação de novos líderes. Isso pode ser feito por meio de feedbacks. O resultado disso é uma equipe motivada e comprometida com os resultados.

3. Mensagens de motivação

Uma forma de motivar colaboradores é apresentar mensagens de incentivo. Esta não deve ser uma ação isolada, mas pode contribuir com o funcionário que está com problemas. Uma ideia é usar softwares, como o SalePodio, que fazem um ranking geral da pontuação dos melhores vendedores, reconhecendo-os perante colegas e gestores.

4. Mensuração de resultados

Em inside sales, é importante mensurar os resultados adotando métricas específicas, os indicadores de desempenho. Assim, pode-se verificar os pontos que precisam ser melhorados. Por exemplo, para um valor médio de venda baixo pode-se pensar em estratégias de vendas para o vendedor ter mais oportunidades de negócios.

Veja algumas métricas:

  • Taxa de conversão: analisa quantas pessoas acessam a loja virtual e adquirem um produto.
  • Volume de vendas: a partir de metas semanais ou mensais, verificam-se os colaboradores que vendem mais e se o resultado é positivo.
  • Valor médio de venda: descobre quanto cada colaborador vende em média. Isso é calculado dividindo o total de vendas do vendedor pela receita gerada no mesmo período.
  • Ramp-up de novos vendedores: verifica quanto tempo cada novo colaborador demora para atingir as metas.
  • Taxa de conversão por lead gerado: considera o histórico da empresa, comparando a média de vendas com o total de leads gerado.

No caso do SalePodio, diversas métricas são verificadas no Pódio Multimídia de Indicadores, que emite avisos sonoros conforme a mudança de posição do vendedor e permite a atualização e a transmissão dos resultados.

5. Uso de tecnologia

Toda a técnica de inside sales é baseada na tecnologia, porque o contato é feito por meio de internet e telefone. Porém, a tecnologia é válida inclusive para a mensuração das métricas de vendas.

É possível adotar, por exemplo, sistemas de CRM, que facilitam a gestão de relacionamento com os consumidores. Esses softwares abrangem os departamentos de vendas, atendimento e marketing, reforçando o atendimento da equipe e oferecendo um serviço melhor, com mais resultados positivos. Assim, o CRM traz os dados de contatos dos clientes e os vendedores conseguem, por exemplo, retornar no prazo esperado, encontrando novas oportunidades de negócio.

Outra possibilidade é usar softwares de engajamento e análise da equipe de vendas, que analisam o desempenho dos vendedores individual ou coletivamente. Uma opção é o SalePodio, que permite fazer a automação das campanhas de vendas, oferece visibilidade aos resultados, permite fazer um treinamento mais realista com os vendedores e possibilita ao gestor oferecer feedbacks constantes devido aos resultados atualizados.

Com essas cinco dicas, sua empresa estará preparada para ter uma equipe de inside sales ainda mais engajada. Agora, veja outras 5 dicas para se dar bem em insides sales.

Comments